Adolescentes que cumprem medidas de internação em centros socioeducativos irão participar neste domingo (12/3) da corrida do América, um dos mais tradicionais clubes mineiros de futebol, que ocorre na Avenida dos Andradas, no Bairro Santa Tereza, Região Leste de Belo Horizonte. Os jovens integram o Projeto Corre Legal, criado por juízes da Vara Infracional da Infância e Juventude da capital, com a intenção de utilizar o esporte como meio de reeducação social.

Os atletas amadores têm idade entre 15 e 21 anos. Eles participam de treinamentos, de segunda a sexta-feira, nos Centros Socioeducativos de Internação Horto, São Jerônimo, Santa Helena, Santa Clara e Lindeia, e são orientados por educadores físicos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por intermédio do Centro de Treinamento Esportivo e do Instituto Elo.

O projeto Corre Legal executa as medidas do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

Segundo a juíza Andrea Mol, do Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional de Belo Horizonte (CIA-BH) e coordenadora do "Corre Legal", projetos destinados a esses jovens têm papel importante no trabalho de reeducação social. "Iniciativas como o Corre Legal são pautadas nos valores do esporte, da disciplina, do respeito e da organização", disse.

A magistrada ressalta que é exatamente nesse período psicossocial de recuperação, de retomada da autoestima e de construção de novos caminhos que o adolescente em conflito com a lei necessita de auxílio, de limites e de responsabilização.

Uma equipe de assessoria esportiva realiza, desde agosto de 2021, os treinamentos com os jovens, incluindo atividades externas e internas na quadra de esportes dos centros de recuperação.

FONTE: Projeto Corre Legal será realizado neste domingo (12/3) em Belo Horizonte | Portal TJMG

Deixe seu Comentário